Ultimamente, Miley Cyrus tem repensado bastante em sua imagem de “bad girl” da era Bangerz. Em recente depoimento no Twitter, se defendendo após tabloide afirmarem que a cantora teria traído Liam Hemsworth, Cyrus referenciou sua selvagem juventude e como sua “maior música, até o momento, é sobre dançar chapada e cheirar no banheiro”. De fato, seu mais recente single, “Slide Away” é sobre como ela está cansada de “whiskey e pílulas”, com a letra “Supere, não temos mais 17 anos, não sou quem eu costumava ser”, recebendo muita atenção.

Então talvez não seja uma grande surpresa que ela tenha lançado seu novo videoclipe “Slide Away” como uma sequência direta, se não for uma versão sombria de “We Can’t Stop”, aquela mesma música mencionada acima.

Miley, mais uma vez, se encontra numa festa estridente numa casa com piscina em algum lugar de Los Angeles, exceto que desta vez não há apenas muito menos propaganda de produtos para batons e alto-falantes sem fio, mas também muito menos entusiasmo no rosto de Cyrus. Ela já está literalmente farta e se movimenta pela festa não mais sendo o centro das atenções como foi em “We Can’t Stop”, mas como um tipo de espírito preso num inferno criado por si mesmo.

O portal da revista ‘W Magazine’ reuniu todas as referências de “We Can’t Stop” em “Slide Away”. Confira:

A mulher de salto vermelho dormindo com estranhos

O vídeo começa com uma mulher em meia-calça e salto vermelho dormindo, após uma noite de festa em cima de alguns homens. Se você assistir atentamente, essa mesma personagem faz diversas aparições nos fundos da festa, porém seu rosto nunca aparece nitidamente. Será que ela representa alguma forma passada da Miley? A roupa nos remete à Miley durante a propaganda feita para a ‘Golden Lady Tights’, durante a era Bangerz e no final de “We Can’t Stop”, Cyrus aparece se aproximando de um estranho, já adormecido, em um sofá. Preste atenção e você também notará a meia-calça vermelha desmaiada no sofá. Em certo momento, parece que é essa figura que também aparenta fazer uma linha na perna de um amigo.

Destruição da festa na noite passada e ursinhos de pelúcia

Agora, seguimos para cenas de garradas e todos os tipos de coisas destruídas flutuando na piscina. Enquanto nenhum desses itens foram repetidos de “We Can’t Stop”, esse vídeo mostrou Miley e seus amigos destruindo brinquedos infantis como pinhatas. Curiosamente, não houve cenas de álcool no vídeo de 2013, mas isso foi mais do que fortemente implícito.

A imagem de ursinho de pelúcia também foi muito usada durante a divulgação de “We Can’t Stop”, primeiro pelas gigantes mochilas que Miley usou com seus dançarinos no vídeo e depois por sua tão lembrada performance no VMA. Olhe atentamente e você perceberá todos os tipos de imagens de ursos no fundo de “Slide Away” também.

A piscina

As primeiras imagens de Miley na piscina em “We Can’t Stop” e “Slide Away” são parecidas. Ela está flutuando, olhos fechados e braços abertos. Porém, em “Stop”, Cyrus foi filmada de cabeça para baixo, enquanto em “Slide Away” ela foi filmada de cima (também é a primeira cena que podemos vê-la de corpo inteiro). E apesar de logo percebermos que Miley não está sozinha na piscina em “We Can’t Stop”, em “Slide Away” ela nada apenas com os restos da festa.

Em “We Can’t Stop”, ela aparece feliz na beira da piscina, mas em “Slide Away” ela recria a cena, só que completamente triste.

O vídeo relembra a noite anterior, enquanto Cyrus revive a festa, mas em vez de liderar as brincadeiras como fez em “We Can’t Stop”, ela parece estar completamente desconectada de todos em “Slide Away”.

O Liam nisso tudo

É claro que o vídeo veio no meio do processo de divórcio entre Cyrus e Liam Hemsworth, e é notável que “We Can’t Stop” foi filmado durante o noivado do casal (eles terminarem em 2014 e voltaram em 2016). A recente cobertura dos tablóides sobre a separação criou uma verdadeira guerra em que “fontes anônimas” atribuem a culpa ao estilo de vida festeiro de cada cônjuge. Cyrus, obviamente, manteve seu amadurecimento em defesa de si mesma, mas nenhum dos lados acusou publicamente um ao outro.

É difícil tirar o vídeo do contexto de divórcio, especialmente considerando a cena de uma carta de dez de copas submersa com um buraco no meio. Cyrus e Hemsworth começaram a namorar em 2009, dez anos atrás.

Fonte: W Magazine | Adaptação e Tradução: Lucas Gomes