Miley Cyrus já lançou muitas músicas que, para os seus fãs se tratavam de “hinos injustiçados”, dentre os quais podemos citar ‘Stay’, do álbum ‘Can’t Be Tamed’, ‘FU’, ‘Drive’ e ‘Someone Else’, do ‘Bangerz’, ‘Space Boots’ do ‘Miley Cyrus & Dead Petz’, ‘Thinkin’ do ‘Younger Now’, entre muitos outros. O mais novo trabalho a entrar no hall das canções que deveriam ter tido mais atenção do grande público é ‘Slide Away’.

Lançado em 16 de agosto, o single que ainda nem fez seu primeiro mês de aniversário, debutou em #2 no iTunes dos Estados Unidos e em #3 na Austrália e no Brasil. Foi liberado pouco tempo depois do anúncio do fim do seu casamento com Liam Hemsworth e emocionou a todos com a sinceridade na letra e a melodia melancólico. Pensando nisso, aqui vão 5 motivos pelos quais ‘Slide Away’ merece muito mais atenção do que tem tido:

1. Letra mais autoexplicativa, impossível.

Não é possível afirmar com certeza se ‘Slide Away’ foi feita sobre o relacionamento (ou o fim dele) com o ex-marido Liam Hemsworth, pois não existe afirmação oficial sobre isso, porém, o público conseguiu ligar muito bem a letra com a situação na qual a música foi lançada. Miley introduz logo na primeira estrofe:

“Once a upon a time, it was made for us/ Woke up one day and it turned to dust/ Baby, we were found, but now we’re lost/ So it’s time to let it go” (“Era uma vez, algo foi feito para nós dois/ Acordei um dia e tudo virou poeira/ Baby, haviamos nos encontrado mas agora estamos perdidos/ Então é o momento de deixar ir”).

Nesse momento, Miley coloca em oposto com letras como “The universe gets to decide, our future is written up here in the sky” (“O universo vai decidir, nosso futuro está escrito no céu”) de ‘I Get So Scared’ ou “God knew exactly what He was doing/ When He led me to you” (Deus sabia exatamente o que estava fazendo/ Quando me levou até você”), de ‘Adore You’.

“Move on, we’re not seventeen/ I’m not who I used to be/ You say that everything changed/ You’re right, we’re grown now” (“Siga em frente, nós não temos dezessete anos/ Eu não sou quem eu costumava ser/ Você diz que tudo mudou/ Você tem razão, somos adultos agora”).

Miley e Liam se conheceram durante as filmagens de ‘The Last Song’, em 2009, quando, na época, a cantora tinha 17 anos. Miley também já falou diversas vezes de suas constantes mudanças e afirmou ser muito bem resolvida com isso.

Esses são apenas alguns dos exemplos das diversas partes do single que Miley, possivelmente, dá detalhes sobre sua relação com Liam.

2. Mike Will Made It e Andrew Whyatt tiveram participação na letra e produção.

Ninguém duvida mais que a parceira entre Miley e Mike Will Made It sempre dá muito certo. Todos lembram de ‘23′, single do produtor lançado em setembro de 2013 e juntou-se aos hits ‘We Can’t Stop’ e ‘Wrecking Ball’ ao deixar todos ainda mais ansiosos para o ‘Bangerz’ (apesar de acabar não sendo selecionada como uma das faixas do álbum).

Mike Will foi responsável pela produção de 8 faixas do ‘Bangerz’, sendo algumas delas ‘We Can’t Stop’, ‘My Darlin’ e ‘Love Money Party’, 6 faixas do ‘Miley Cyrus & Her Dead Petz’, ‘Fweaky’, ‘Bang Me Box’ e ‘Lighter’, por exemplo, além de ter sido creditado no EP ‘She Is Coming’, com a faixa ‘Party Up The Street’.

A parceria entre Andrew Whyatt e Miley ainda está crescendo, porém, o produtor já tem trabalhos renomados como ‘Shallow’ de Lady Gaga. Também trabalhou com artistas como Bruno Mars, nos hits ‘When I was Your Man’ e ‘Grenade’, Florence and the Machine, Dua Lipa, Charli XCX, dentre outros.

Com Miley, além de ‘Slide Away’, Andrew foi responsável pela produção das faixas ‘Don’t Let The Sun Go Down On Me’ e ‘The Bitch is Back’ para os álbuns em homenagem ao lendário Elton John.

3. Ganhou uma performance intimista no VMA.

Em 26 de Agosto, Miley Cyrus retornou aos palcos do MTV Video Music Awards para performar seu novo single ‘Slide Away’. Claramente emocionada, Miley teve sua apresentação exibida com um filtro preto e branco, usou um vestido preto simples e estava rodeada de violinistas, deixando sua performance ainda mais elegante. Confira:

4. Foi a música mais procurada no Shazam durante o VMA.

Shazam é um aplicativo para smartphones que permite ao seu usuário identificar músicas em um determinado ambiente pelo microfone do celular. O serviço já foi utilizado para identificar mais de 15 bilhões de canções em todo o mundo e ‘Slide Away’, com toda certeza, tem sido uma delas.

No dia após a performance de Miley no VMA, o Twitter oficial do aplicativo anunciou que o single foi o mais procurado no Shazam durante a apresentação:

5. Brie Larson fez sua versão de ‘Slide Away’.

Talvez inspirada pela comovente performance de Miley durante o VMA, Brie Larson fez sua própria versão de ‘Slide Away’ um dia depois da premiação.

A atriz de ‘Capitã Marvel’ postou seu cover através da ferramenta ‘stories’ em seu Instagram, apenas com voz e violão. Confira: