Confira a entrevista de Miley para a rádio espanhola LOS40


O programa das estrelas recebe hoje uma das maiores artistas internacionais. Xavi Martínez e Gema Hurtado entrevistam Miley Cyrus, com exclusividade. Uma conversa por telefone onde a cantora americana explica como foi o processo de criação de seu novo disco e como se sente neste momento de sua vida. Hoje viajamos para os Estados Unidos pela LO+40.

Já é dia em Nashville e na casa de Miley cheira a café desde muito cedo. Hoje está sozinha porque Liam foi para uma gravação há algumas horas. A cantora desce as escadas do andar onde ficam os quartos e entra na cozinha para servir-se café. Toma um gole e olha pela janela.

Faz um dia maravilhoso na capital do Tennessee. Depois de vários dias de chuva, saiu o sol e Miley decide que vai esperar a ligação na varanda. Senta no balanço de madeira que grunhe amavelmente e com seu café, observa o infinito. Alí, onde a vista azul se perde, aparece um cervo com sua cria. Bebem água no riacho e o tempo para. Então o telefone toca:

Entrevistador: Olá Miley, como está?
Miley: Olá a todos! Obrigado por ligarem.

Entrevistador: Te esperamos aqui na Espanha, Miley.
Miley: Eu sei. Preciso me recuperar! Sempre estou melhor quando estou em turnê e fiz shows incríveis na Espanha. E pude ir com a Bangerz Tour aí. Adoraria voltar. O que me encanta é a forma que me recebe, mesmo com toda distância entre nós e fazem isso de forma muito acolhedora e apaixonada. E os fãs, especialmente, pois não posso ver a todos tão quanto eu gostaria, é emocionante quando estou aí porque é um público muito apaixonado e isso me encanta. Todos cantam comigo e é um lugar incrível para tocar.

Entrevistador: Está planejando vir para Espanha? Está escolhendo as datas da turnê?
Miley: Ainda não comecei a planejar nada. Agora mesmo estou sentada em minha casa em Nashville, Tennessee, de onde sou. Estou muito longe de vocês, agora mesmo. E estou sentada aqui vendo dois cervos, uma mãe e seu pequeno bebê, seguindo um ao outro enquanto um motociclista para. E temos tido um tempo muito louco. Estou olhando, tinha uma nuvem incrível, também tem feito sol, mas tem chovido já se nota mais que o outono já está quase aqui, o Halloween também. Adoro estar em casa. E não tive muito tempo na minha carreira para estar realmente de volta a casa. Tem sido bem difícil, nos últimos anos. Isso inclui viver na California, porque fico longe do sentimento real de estar em casa. Vai ser difícil, deixar essa estabilidade agora mesmo, neste momento. Mas, quando viajo, quando estou em turnê, gosto muito de fazer isso. Então, gostaria de aproveitar o tempo que tenho livre para que, se eu entrar em turnê novamente, eu possa planejar algo que seja mágico, extremo e sobre tudo divertido para todos que irão ver.

Entrevistador: Será enorme, então.
Miley: Sim! Já sabe que será algo louco. Se eu tiver todo o tempo para planejar, para sonhar, para explanar minhas ideias. Isso é o que gosto de fazer quando estou aqui, imaginar todas as coisas legais que posso levar ao público, mas, sobre tudo, o que os fãs querem ver. Muitas das vezes que estive em turnê, sempre sonhei com o que queria fazer e agora, se for em turnê outra vez, amaria dar ao fãs dar as pequenas partes do que eles gostaram das turnês que já fiz por toda minha carreira. Ao invés de uma só era ou etapa. Porque é disso que se trata o álbum, pequenas partes com todas as pessoas que ficaram, com todos os elementos que me fizeram estar sentada onde estou agora. E não sair correndo. ‘Younger Now’ é o que sou e não tenho medo do que fui. E creio que isso é o que um show tem que representar e o que minha música representa agora mesmo e gostaria de mostrar isso. Mostrar que estou realmente confortável com tudo que fui e com tudo que serei no futuro.

Entrevistador: Quero te parabenizar por este álbum incrível e espetacular, “Younger Now“. Acho que é uma Miley com as histórias mais criativas até agora.
Miley: Muito obrigada! Fico muito feliz que tenha gostado. Adorei o processo de criação porque nunca tinha feito um álbum onde escrevi todas as letras. É um álbum muito pessoal e eu pensei muito nos meus fãs no processo de criação pois sinto que houve tantos momentos na minha vida em que conheci muitos tipos diferentes de pessoas que precisava esclarecer quem sou neste momento e sinto que o álbum representa muito bem isso. Então estou orgulhosa desse álbum mais do que tudo. Sinto que agora está tudo muito claro onde estou. E agora, sigo me inspirando e escrevendo canções e não posso parar de fazer música.

Entrevistador: E Gemma (entrevistador 2), ela parece muito feliz…
Entrevistador 2: Sim. Este é o momento mais feliz da sua vida? Tudo funciona agora com seu sexto álbum, com seu namorado Liam, tudo funciona. É como se os pedaços dos enigmas se encaixassem …
Miley: Sim, sou muito feliz e creio que a felicidade trata de … li uma frase outro dia que dizia que tudo na vida é precioso se você parar de buscar defeitos. E acredito que eu estou aceitando tudo, o lado bom e o ruim, tudo que está passando. E acredito que em todo o mundo e especialmente em nosso país, há uma grande divisão agora mesmo e acredito que aceitar isso e ser positivo, compartilhar luz, compartilhar amor pelo mundo, faz as pessoas se juntarem e acho que a música faz isso. Eu acho que uma turnê faz isso ou quando viajo pelo mundo, esse denominador comum que as pessoas têm, é o amor pela música. Eu estou muito feliz e quero compartilhar essa felicidade com as pessoas. Não importa de que parte do mundo, você precisa de mais o tempo todo.

Entrevistador: Que bonito escutar isso, Miley, escutar essas palavras. Além disso, se você estiver feliz, também estaremos mais felizes. E é neste momento tão especial, no qual você também disse que em seu álbum sua música favorita era “Malibu“, eu também quero saber qual sua música favorita de seu noivo, Liam.
Miley: Acredito que ele também adora “Malibu“, mas há uma canção do álbum que o encanta que se chama “Thinkin”. Ele gosta dessa canção porque é divertida cantá-la e acredito que uma das canções mais animadas. É divertida cantá-la e uma vez que você escuta, você quer saber cada palavra e enfiá-la na sua cabeça.

Entrevistador 2: Uma curiosidade, Liam decidiu alguma coisa sobre o álbum? Você pediu alguma coisa? Um conselho?
Miley: Sabe, eu guardei o álbum para mim até o fim. E quase não coloquei nenhuma música para ninguém enquanto eu estava fazendo isso. Eu não queria, não apenas Liam, mas ninguém, eu não queria que ninguém opinasse, ninguém me desse sua visão do que tinha que ser, pois isso era apenas uma coisa minha. Então, eu salvei muita música para mim, na verdade, ele nunca ouviu o disco todo até que o álbum visse a luz. E, além disso, não costumo colocar a minha música em casa, ele me ouviu mais escrevendo porque sempre estou em casa com o meu violão … Eu escrevi muito na cozinha e “Thinkin” eu escrevi depois de um sonho. Eu me levantei com a idéia na minha cabeça e ele me ouviu em casa e pensei “oi, acho que vou escrever isso, o que você acha?” E eu cantei um pouco sem música nem nada porque eu me levantei com a letra na minha cabeça.

Entrevistador: Você é uma grande inspiração. Acredito que você está num momento genial e na hora certa. Como em Rainbowland, que é o estúdio onde você encontra inspiração…
Miley: Eu encontrei inspiração lá por causa de todas as cores… Dolly diz “você e eu somos o arco íris, cada cor, tudo é você”. Acredito que todas essas cores e essas diferentes cores fazem com que o arco íris seja especial, que nos deixa tão felizes quando vemos, sempre nos sentimentos esperançosos e sortudos. Era isso que eu queria para meu álbum, o significado do arco íris. Que todas essas coisas que são diferentes, como disse antes… realmente precisamos de união ao redor do mundo, precisamos nos unir. Acho que é isso que o álbum representa.
O arco iris pra mim não representa a luz no fim de uma tempestade, o arco íris representa mais a chuva na tempestade e depois o pedaço de esperança. Pra mim, ele representa união.

Entrevistador: Para finalizar. Acredito que você é uma fonte de inspiração pra essas gerações que estão crescendo contigo. Agora você está compartilhando a parte mais profunda da sua alma nesse novo projeto e nessa sua nova era na vida pessoal… É muito importante. O que você diria a esses jovens que estão trabalhando pra alcançar seus sonhos?
Miley: Eu diria pra eles nunca desistirem. Uma vez li uma frase que dizia “se não fosse difícil, todo mundo faria”. Tem que ser difícil. E saber que se vale a pena, que vai ser complicado. Nunca se deve desistir nos momentos difíceis. Deve saber que isso te faz especial e que o que você quer, te dá um impulso, te dá determinação. Se fosse fácil, não iriamos querer, sabe?

Entrevistador: Genial, incrível! Foi um prazer passar esse tempo com você, Miley.
Miley: muito obrigada!

Entrevistador: estamos te esperando na Espanha.
Miley: obrigada! Espero vê-los em breve.

Tradutores: Lucas Gomes, Letícia Mendes & Isadora Salines. | Fonte: Rádio Los40 Espanha

Postado por Bruno Nascimento
Em Entrevistas
4 semanas atrás

/ Veja também
/ Comentários