VÍDEO e TRADUÇÃO: Billboard nos bastidores do estúdio de gravações de Miley Cyrus


Há algumas semanas, representantes da famosa revista Billboard estiveram na propriedade de Miley, em Malibu, para uma longa entrevista sobre seu mais novo single, tendo a chance de conhecer o estúdio de gravações de Cyrus em sua casa, que a mesma chama, carinhosamente, de “Rainbowland” (Terra do Arco-Íris).

Nossa equipe traduziu o vídeo divulgado no site oficial da revista, e você pode conferir logo abaixo:

Miley: Ok, aqui vai Malibu. Então, a primeira mentira é que eu nunca fui para a praia ou que parei em frente ao mar. “Eu nunca sentei na costa embaixo do sol com meus pés na areia, mas você me trouxe aqui” é verdade. Eu sou de Nashville, cara. Eu realmente nunca fui para a praia. Não era importante para minha vida, nem parte da minha cultura. E tem algo sobre Malibu que é muito libertador para mim porque eu amo ver golfinhos, e ouvir pássaros e crianças brincando na praia e saber que isso pra mim é o paraíso e lembrar o quão sortuda eu sou porque eu sinto que mesmo quando estou trabalhando aqui eu posso estar escrevendo música em meu estúdio, esse é meu arco-íris. Meu avô disse “você não vai trabalhar um dia da sua vida se se divertir” e eu nunca sinto que estou trabalhando. O que essa música representa não necessariamente representa o que é Malibu (o lugar). Rodei-se de amor, e natureza e seja feliz e fique com o seu amor, mesmo que seja um porco! Esteja com quem ama!

Quer ver a dança? Tem uma dança!

Quando eu escrevi Malibu eu estava a caminho do meu primeiro dia no The Voice e sou uma motorista terrível, e Liam nunca me deixa esquecer que eu deveria ser proibida de dirigir, então eu entrei no carro e eu estava obviamente com um motorista. Então, estávamos passando pela praia e comecei a pensar no sol e que nunca estaria aqui, que sou tão sortuda, ter alguém que me trouxe aqui, porque você me trouxe aqui e estou feliz que o fez, e estou tão livre quanto pássaros seguindo o vento. Então foi aí que percebi quão sortuda eu sou nesse momento. Eu não quero que as pessoas achem que eu esqueci quão sortuda eu sou, o que, por sinal, eu estou aqui por causa dos meus fãs me mantendo aqui. Eu teria voltado para Nashville muito rápido. Eles podiam não ter gostado do meu show, me amado, mas eles escolheram amar e espero que eles fizeram isso porque sabem que eu os respeito e honestamente eu acho que esse será meu CD com mais inclusividade. É algo que meus fãs estão esperando!

Então eu estava tentando escrever a música no carro, mas não cantando alto para o motorista não achar que eu era louca. Então eu entrei no The Voice, minha mãe estava na sala, tudo que eu faço são as coisas favoritas da minha mãe, então eu nunca acredito muito no que ela acha porque ela sempre é tipo, “ai meu Deus, essa é a melhor música que você já escreveu e é minha favorita!” e então na próxima música, “ai meu Deus, essa é a melhor música que você já escreveu”, e ela falou exatamente isso naquela.

Minha irmã vai ficar brava que roubei essas botas dela. Eu decidi me vestir igual minha irmã, não sei onde ela conseguiu essas botas.

Entrevistador: Então você grava aqui?
Miley: Sim, esta é minha pequena estação.
Entrevistador: Existe uma história por trás desse microfone, né?
Miley: Este é um ótimo microfone, é um microfone vintage, é dos anos 60. É o microfone que o Elvis costumava usar. Este é meu pequeno caderno, tenho medo do que podemos encontrar aqui dentro.

“Noah – fazer uma jaqueta para a Noah.”
“Complete seu aniversário.”
“Saia para passear.”
“Cheque suas caixas de som.”
“Desligue os aparelhos.”
“Brinquedos – a mãe tem muitos.”

Entrevistador: O laranja é diferente?
Miley: Não, tudo que tem meu autógrafo é que eu fiz. Eu nem assino mais meus autógrafos assim. Hmm, algo que não era acostumada. Claramente esse é mais meu autógrafo de hoje. São minhas pequenas notas. Happy Hippie nasceu assim.

O refrão é muito fácil “next to you in Malibu” e eu tipo, “nós assistimos o sol se pôr enquanto caminhamos, eu passaria o resto da vida aqui conversando”. Você explica o seguinte enquanto eu sorrio porque eu nunca sei do que ele está falando.

Entrevistador: Ele é surfista.
Miley: Sim, sabe, ele fica “você não sabe o que aconteceu lá” e eu fico “tem golfinhos lá!” .A parte que fala “Espero que continuemos os mesmo e nada irá mudar e será apenas nós por um tempo”, isso veio fácil, claramente falando o que passo.
Entrevistador: E Orel (Yoell), Orel, ele participou da gravação com você?
Miley: Sim, nós fomos para o The Voice e eu estava “cara você tem que vir ao The Voice. Traga um microfone e laptop.” E ele…
Entrevistador: No mesmo dia?
Miley: Sim! E logo que terminei a sessão de fotos eu gravei. E quando chegamos na metade eu tive que ir ao The Voice de novo e fui para o meu trailer almoçar e ganhamos 1 hora. As vezes eu ouço agora e pergunto “vocês colocaram algum efeito? Parece estranho” e eles falam “a gente gravou num trailer! Sua garota de Nashiville”, nós literalmente gravamos essa música num trailer. Então as pessoas precisam lembrar disso quando escutam.

Fonte | Tradução: Débora Brotto – Equipe MCBR

Postado por Elton Junior
Em Entrevistas
6 meses atrás

/ Veja também
/ Comentários