“Se você quer conhecer quem é a Miley Cyrus, ‘Malibu’ é um ótimo começo”, diz Billy Ray sobre sua filha


 

Billy Ray Cyrus fala sobre o amadurecimento da Miley, que aparece no desenvolvimento do seu novo single, “Malibu”, sobre as suas inspirações, derrotas e sucessos da vida. Venha conferir a matéria traduzida pela nossa equipe:

No 25º aniversário de “Achy Break Heart”, ET Nancy O’Dell  recebeu o cantor de 55 anos em Los Angeles, na segunda passada, quando discorreu sobre a transação musical da sua filha Miley Cyrus, que começou a sua jornada preparando-se para mostrar o seu verdadeiro “eu” para os seus fãs.

Durante a sua entrevista para a Billboard que se realizou na semana passada, Miley revelou que ela está “completamente limpa” e que passou três semanas sem fumar maconha durante o período que a entrevista foi conduzida.

“Como o seu pai, eu vejo a Miley como uma figura alegre para a vida”, ele disse. “Eu não sei como posso vê-la de outra forma que não seja sem a alegria em seu espírito e às vezes que vêm de dentro de sua pura beleza.”

“Eu acho que ela apenas encontrou… ela disparou todos os sinos. Os seus pensamentos, os seus instindos, tudo está no topo dos seus jogos”, adicionou ele. “Às vezes você só tem que limpar o que não serve. E, então, você percebe o que é mais importante para você. Não importa o que está acontecendo, mas está dando certo para ela.”

Até parece que o seu senso de estilo também “foi limpo”. Ultimamente, ela está mais contida ao se vestir, no estilo boho-chic, um enorme contraste da outra forma que ela estava se vestindo, que era uma  Miley selvagem e todos nós a conhecíamos durante os últimos anos.

“Vocês sabem que eu adorei como ela está se vestindo [agora], feliz,” ele disse. “Você nem a viu. Um mês ou dois atrás ela me mandou uma foto e eu disse: ‘Você parece tão feliz.’ Aqui [como pai dela], e ela se encheu de alegria. Isso significa mais do que tudo para mim. É assim que eu quero que a Miley seja – feliz.”

Billy também comentou sobre o futuro álbum de sua filha, o qual inclui o seu novo single, “Malibu”, uma música de amor dedicada para o noivo da cantora, Liam Hemsworth. “Estou tão animado com esse álbum. A Miley realmente aprendeu no caminho desse novo álbum, ‘Malibu’, em particular”, ele acrescenta dizendo a ET que ele ouviu muita inspiração dos Beach Boys, Jonny Cash, Wylon Jennings e Dolly Parton.

“Existe muita influência nas rotas de Miley, até mesmo nos sons de Lynyrd Skynyrd,” explicou ele. “Eu quero dizer que os sons que estavam sendo produzidos na nossa casa vieram também de pessoas que estavam nos visitando, como ótimos compositores – Carl Perkins e Waylon, Hank Cochran, alguns dos melhores compositores musicais do mundo. Ed King, que escreveu ‘Sweet Home Alabama’, estava frequentemente em casa…”

“Eu acho que a Miley absorveu o máximo que pôde desses sons e dessas conversas,” continuou ele. “Especialmente ouvindo Waylon dizer para mim na mesa da cozinha ‘Filho, qual é a definição para um bandido? Um que tenha sido ilegalizado, bem-vindo ao clube’ Oh, obrigado Waylon. Miley ouviu isso e então ela perseguia isso, ela veio com o seu violão e ele ensinou ela [como tocar] ‘Mulher com um bom coração.’ Com o violão você absorve melhor as coisas. E se torna parte do que você é.”

Billy continuou, dizendo que estava “ansioso para que as pessoas a ouvissem.”

“Se você realmente quer conhecer quem é a Miley Cyrus, essa música é um ótimo lugar para começar”, compartilhou ele. “Eu acho que é a verdadeira versão dela, eu realmente acredito.”

Billy também provocou que os fãs de uma família famosa podem ouvir a colaboração da música até certo ponto, como ele acredita que irá trabalhar com suas filhas Miley e a mais nova Noah Cyrus. O compositor disse a ET que quando vier para a indústria da música, ele estará dando dois conselhos similares durante os anos.

“Nós amamos fazer músicas juntos e nós fazemos isso o tempo inteiro e é muito divertido”, disse ele. “Eu digo a eles, ‘Você pode observar a minha vida, cara’, e eu apenas digo isso de várias maneiras, eu errei mais vezes do que acertei. Mas Thomas Edison disse que o ingrediente mais importante para o sucesso é a falência – cada vez que você falir, você elimina um caminho que não irá trabalhar, até restar apenas um caminho próximo daquele que você irá percorrer.”

“Bem, eu eliminei muitos caminhos que não pude trabalhar”, ele continuou. “Quando você fica encurralado, você precisa subir…. você tem que se levantar, e quando você se supera, você aprende como se levantar e faz ajustes. Você vai do seu jeito e é assim que deve fazer.”

“A vida é uma série de ajustes”, adicionou. “Você faz algumas coisas boas e algumas ruins, e entre os dois, você faz ajustes. É como estacionar o seu carro e deixar um espaço. Você faz ajustes, mas você continua fazendo as coisas boas no seu tempo. Exceto uma catástrofe imprevisível, você chegará no espaço.”

Fonte: Eton Line | Tradução: Mayara Ribeiro – Equipe MCBR

Postado por Mayara Ribeiro
Em Malibu
6 meses atrás

/ Veja também
/ Comentários