NotíciasUncategorized

Miley Cyrus faz campanha para Hillary Clinton em universidade

By outubro 23, 2016 No Comments

b1280_miley_cyrus_twitter_gmu_campaignMiley Cyrus – a celebridade de ‘Wrecking Ball’, nº 1 nos charts, Instagrammer, e anterior apoiadora de Bernie Sanders – adicionou novos planos para o último sábado, 22: bater de porta em porta para Hillary Clinton.

“Olá? Como você está?! Sou Miley,” Cyrus disse após bater na porta do dormitório de Jake Zartman, 18, na George Mason University. A pop star de 23 anos, agora jurada no “The Voice”, estava vestida numa saia vermelha e branca com uma jaqueta azul peluda, gravata-borboleta azul cobrindo seus seios e tiara rosa. Jake estava praticamente trêmulo.

“Estou aqui apoiando Hillary. Você vai votar?”, perguntou Cyrus.

“Você ficará orgulhosa em saber que já votei em Hillary,” Zartman contou para ela.

“Yeah!”, ela gritou.

“Obviamente,” Zartman disse.

E foi assim na manhã de sábado, em George Mason, no estado da Virginia, onde um número sortudo de estudantes no dormitório Piedmont esperavam em seus quartos minúsculos por Miley para entrar e conversar com eles, até mesmo posar para selfies em suas camas individuais. Eles estavam sorrindo e colocando suas línguas para fora em sinal da marca do estilo de Miley.

Centenas de estudantes de George Mason, que não moram em Piedmont, precisaram esperar do lado de fora, onde eles gritavam “Queremos Miley! Queremos Miley!” e cantavam suas músicas. Ela eventualmente jogou beijos para eles da janela de um dos quartos, segurando um poster com os dizeres “Stronger Together” e incitando gritos “Twerk para nós! Twerk!”

Com menos de três semanas antes das eleições, a campanha de Clinton implantou Cyrus, Katy Perry e outras celebridades para aumentar a afluência da Democrata.

O aval de Cyrus para Clinton veio após alguns apoios públicos de Sanders. No mês passado, Cyrus disse a revista Elle que daria aos participantes do “The Voice” o seguinte conselho: “Seja Bernie Sanders. Seja a pessoa que as pessoas querem e amam. Não se preocupe com as massas. É assim que você faz um momento memorável. Deixe as pessoas falarem sobre isso.” E há seis meses, ela participou de um vídeo de celebridade apoiando Sanders para ser o candidato democrata, e não Clinton. No vídeo de abril, o qual ela aparece ao lado de nomes como Susan Sarandon e Harry Belafonte, ela diz que o senador de Vermont “tem sido incrível apoiando a comunidade LGBT.” Ela divulgou o clipe em sua conta no Twitter, dizendo, “Sinto @BernieSanders e @SusanSarandon.”

Independentemente, se ela esteve ao lado de Clinton o tempo todo ou não, uma coisa é clara: a cantora não é fã de Donald Trump. No começo de 2016, ela divulgou um discurso em seu Instagram contra o eventual indicado Republicado, chamando-o de “completo pesadelo” e jurou sair do país se ele ganhasse a Casa Branca.

Apesar do propósito das visitas de Miley aos estudantes para Clinton possa parecer uma jogada de marketing, Cyrus, filha da estrela country Billy Ray Cyrus, verdadeiramente tem política em suas veias. Seu avô paterno foi o falecido Ronald Ray Cyrus, um membro Democrata na Câmara dos Representantes, que foi eleito de 1970 até 1990. (Em 2007, Cyrus lançou uma música em sua homenagem chamada “I Miss You”). Ela também é doadora de várias instituições de caridade e participou de campanhas para arrecadar dinheiro para vítimas da AIDS, crises no Haiti e Japão, e organizações como Habitat para Humanidade.

Cyrus também tem história com Clinton. Em 2013, ela a imitou no programa “Saturday Night Live”. Na esquete, Cyrus como Clinton anda pelo Salão Oval vestida em um terninho e diz, “Como estão?! Sou Hillary Clinton e quero ser presidente um dia para ajudar, tipo, gays, e negros e, tipo asiáticos e outras pessoas…” Sendo Cyrus, ela, claro, de repente abriu seu blazer para mostrar apenas um sutiã cobrindo seus seios com os dizeres: 2016.

As fotos com a visita de Miley já estão em nossa galeria, e você pode conferir clicando em qualquer uma das miniaturas a seguir:

(22 de Outubro) Na George Mason University

Assista:

Fonte | Tradução: Lucas Gomes – Equipe MCBR