Notícias

Miley Cyrus é eleita uma das pessoas do ano pela NME

By dezembro 18, 2015 No Comments

marie claire

O NME divulgou sua lista de “Pessoas do Ano” de 2015 e Miley está na mesma junto com artistas como Taylor Swift, Nicki Minaj, Jennifer Lawrence, entre outros. Confira a lista abaixo:

 Pessoas do Ano (2015) – NME
1- Taylor Swift
2- Kendrick Lamar
3- The Libertines
4 – Mhairi Black
5 – Skepta
6 – Miley Cyrus
7 – Nicki Minaj
8 – Mathieu Flamini
9 – Adele
10 – Jennifer Lawrence
11 – JJ Abrams
12 – Noel Gallagher

A lista foi feita a partir do que cada um desenvolveu no ano de 2015, e das coisas que tiveram seus respectivos nomes envolvidos. Para o NME, esses 12 artistas que fazem parte da lista, se envolveram em projetos de ajuda ao próximo, quebraram recordes em seus campos de atuação (como a música ou cinema, por exemplo) e serviram de modelos a serem seguidos.

O site fez uma breve matéria para cada uma dessas celebridades explicando a razão dessas estarem na lista. E logo abaixo você pode conferir a de Miley:

QUEM: Artista Pop e defensora dos direitos LGBT, que não dá a mínima para o que os outros pensam dela.

PORQUE: Miley Cyrus é a prova de que nem todos os famosos que estão na mídia desde pequenos acabam nas drogas e em scripts para programas da tarde. A cantora de 23 anos, anteriormente conhecida por seu papel em Hannah Montana, passou os últimos anos se afastando o máximo que pôde de seus rótulos da Disney, mas esse ano ela passou por cima da controvérsia para se tornar uma sensível, generosa, e acima de tudo, divertida porta-voz da juventude diversificada e variada. Claro, há limites para quem uma branca, rica e ocidental pode querer representar, algo que tanto Nicki Minaj como Azealia Banks a cobraram, mas quando se trata de problemas relacionados aos LGBT’s, e tudo que circunda a maneira que mulheres são representadas na mídia, ela fez um excelente trabalho.

Nesse verão, Cyrus revelou que contou para sua mãe que era bissexual com 14 anos, informando o lançamento do Happy Hippie, sua produção sem fins lucrativos para criar suporte digital para jovens LGBT e suas famílias, com um foco particular nos sem-tetos. Em seguida, houve sua opnião sobre um mundo onde mulheres seminuas são capas de revistas, mas quando uma mulher resolve viver a partir de suas próprias regras ela diz: “Eu sou um modelo ruim a ser seguido porque estou andando por aí com meus peitos de fora? Eu não consigo entender como peitos são piores que armas”, em uma entrevista para a Marie Claire. E então, para martelar essa ideia dela tomar suas próprias decisões, ela teve suas próprias escolhas fashion em 2015, como peitos de plástico, atacando um sério problema com uma dose brilhante de valor engraçado.

ELA DIZ: “Eu sou literalmente aberta para qualquer coisa que eu tenha que consentir e não envolva algum animal e todo mundo tem idade para isso. Tudo que está dentro da lei, eu topo”.

AS PESSOAS DIZEM SOBRE ELA: “Quem pensaria que ela faria um álbum com The Flaming Lips? E eles vão performar o álbum sem roupa… Isso parece algo que aconteceria durante os anos 60, algo que algúem como Frank Zappa teria feito. Bom para Miley. Acabe com os moldes, garota.” – Elton John.

COMO ELA FAZ DO MUNDO UM LUGAR MELHOR: Tirando suas roupas e se cobrindo de glitter.

Fonte: NME