Uncategorized

Produtor do VMA: Miley tem as rédeas livres para o show de domingo.

ImageProxy

Produtor executivo Garrett English confirma: Miley Cyrus não pode ser domada.

A partir do momento em que Miley pisar no palco do Los Angeles Microsoft Theater no domingo, dia 30, todas as apostas estão perdidas. A cantora de 22 anos de idade foi a escolhida para ser a apresentadora do MTV Video Music Awards 2015, que ocorre neste final de semana. Apesar da escandalosa e controvérsia apresentação ao lado de Robin Thicke em 2013, Cyrus encara poucas restrições do que ela pode ou não fazer durante a premiação.

Faltando poucos dias para o show a EW conversou com o produtor executivo do VMA, Garrett English, que disse que nada está fora dos limites para Cyrus no palco do VMA.

“Nós estamos dando rédeas livres para ela”, English disse a EW. “Obviamente temos padrões e outras coisas no qual faz parte, mas não…não há regras, isso não vem com objetivo de limitar o alcance do show e sim, criar novas tendências.”

Miley tem sido fantástica”, English concluiu. “Tem todo um tipo de conversa que nós estamos tendo. Ambos da equipe dela e da nossa estamos muito animados para isso.”

Enquanto há grupos preocupados como o Conselho Televisivo de Pais sobre a escolha de Cyrus feita pela MTV, English disse que o canal tem todo o poder de cortar a transmissão antes que esteja no ar.

“Eu só estive no palco uma vez durante o show, e foi há muito tempo atrás, quando Tim (Commeford) do Rage Against The Machine pulou no palco e começou a escalar a estrutura do show.” ele disse. “Nós tivemos que cortar para os comerciais. Se eu me encontro no palco durante o show é porque realmente tem algo errado. Não houve nenhuma outra circunstância em que tivemos que chegar a este nível.”

Mas English diz que as surpresas são a melhor parte do show. “Uma das melhores coisas sobre o show é tentar criar um ambiente onde a espontaneidade pode acontecer”, ele acrescenta “De todo modo esses manifestos são os que deixam a gente mais animado, o fato é que você pode saber quem está lá, que musica está tocando ou pode ter visto aquele artista em outra apresentação, mas o VMA é algo para se quebrar barreiras e fazer coisas que são diferentes.”