05.05.2015

gma

Tudo começou com seu parceiro surpreendente no Video Music Awards 2014, e, desde então, Miley Cyrus firmou seu papel no objetivo de ajudar jovens que moram nas ruas e jovens LGBTs.

Eu sou aquela que se propôs a ajudar“, diz Miley. “Eu tenho sido capaz de identificar o que eles querem, porque… Eu nunca pensei em mim mesma tipo “eu sou uma garota então eu posso fazer isso e não posso fazer aquilo”… Não. Nunca me limitei a isso. Eu não fico presa a um gênero ou à minha idade. Eu me sinto, enfim, como algo cósmico. É assim que eu quero que as pessoas se sintam.

Esse sentimento a inspirou a lançar uma instituição focada em resgatar jovens americanos sem-teto. Sobre a Happy Hippie Fundation, ela disse:

Começamos no ano passado com Jesse. Estavamos de olho nas instituições de Los Angeles, grupos de apoio… Mas agora estamos crescendo e queremos atingir toda a América e, em breve, o mundo inteiro.

Quarenta por cento dos jovens que vivem nas ruas são homossexuais, então nós nos focamos nisso porque ainda não há muita aceitação e a sociedade está sendo alienada, sem ver o que realmente acontece.

Eu amei a entrevista do Bruce Jenner, onde ele se expôs na TV. É parecido como estar num reality show. A mesma coisa acontece comigo quando estou em turnê e tenho que ficar na frente de milhares de pessoas que ficam facilmente impressionadas. É legal usar o nosso poder com a mídia social, por isso que eu estou buscando apoio online para o Happy Hippie, dando ao público uma plataforma onde poderão esclarecer suas dúvidas e serem educados em relação a isso.

17

Quando eu tinha 16-17 anos foi a pior época da minha vida. Odeio olhar para fotos de mim mesma naquela época, porque eu sei que, tipo, naquele dia eu estava surtando por causa da minha pele, ou porque eu não estava me encaixando em determinado grupo, ou porque eu não estava vestida como todo o mundo. Se você quer estar em paz consigo mesmo e feliz, ame a si mesmo. Eu acredito que, principalmente sendo mulher, nós não somos ensinadas a dizer: “Eu me amo”. Isso soa como vaidade. Mas eu me amo, e todos deveriam poder dizer o mesmo.


Publicada por: Miley Cyrus Brasil
relacionado
18.07.2020
relacionado
01.07.2020
relacionado
28.06.2020
relacionado
12.05.2020
comente a postagem!