Notícias

Dolly Parton defende novamente sua afilhada Miley em entrevista

Dolly Parton pensa que sua afilhada Miley Cyrus “teve de recorrer a medidas extremas” artisticamente.

A lenda da música country tem visto a cantora de “Wrecking Ball” transformar os últimos anos de Hannah Montana para performances abertamente sexuais que ela é hoje. Mas a cantora de 68 anos, acredita que ela teve que ir tão longe , com mudanças drásticas, para ser vista como sua própria pessoa, não como seu personagem da Disney Channel.

Ela foi espetacular em ”Hannah Montana”, mas ela só precisava e queria tanto sair desse personagem e queria tornar-se Miley Cyrus e ela tentou de todas as maneiras do mundo fazer isso, mas ninguém iria deixá-la ir“, Dolly explicou à revista People. “Então, ela só tinha que recorrer a medidas extremas, mas ela conseguiu.

A cantora de “Jolene” não ficou surpresa com a reencarnação de Miley. Mas Dolly só espera que Miley de 21 anos, possa ter longevidade em sua carreira, assim como ela tem.

Eu tive que rir, eu pensei ‘Uau’, mas eu percebi que ela tinha que fazer isso, ela teve que ir a esse extremo, então abençoe o coração dela”, disse ela. “Eu só espero que ela tenha uma longa carreira e eu espero que ela tenha a chance de fazer tudo o que ela quer fazer. ela é uma garota muito inteligente e talentosa, e eu realmente espero que ela possa continuar tão grande como eu acho que ela pode e vai, porque ela é muito mais talentosa que muitas pessoas percebem agora .

Fonte